24 fevereiro 2006

Alguém sabe

... o que aconteceu a este blog? Já vão oito meses sem postar.

Comentários

2 Comments:

At sábado, fevereiro 25, 2006 1:00:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Por falar em cantigas,vem a propósito uma entrevista do ex.mºReitor,pubicada no JN de à dois dias.
O título era a Quinta do Peão,assunto velho que já vem da outra reitoria e ao qual não é acrescentado nenhum motivo de interesse.Nada de novo portanto,a não ser o facto de o tamanho, principalmente da fotografia me ter impressionado.Não me recordo de ter visto outro quaquer protagonista ter direito a tanta fartura,mesmo considerando ser o sr Reitor um habitue deste jornal,muitas vezes como hoje, com notícias que o não são.Perdão.Havia uma notícia, a sua recandidatura.Mas....já o era antes de ser.Assim e sem quaquer desmérito é justo classificar a sua estratégia de markting, pelo menos eficiente,isto é, ser noticia sem noticia.Resulta assim que esta entrevista é na verdade uma cantiga,onde se utilizou a tal matreirice popular de que fala o moderador.
Resulta também ser legítimo fazer desde já algumas manifestações de vontade ao Reitor vindouro,que à falta de adversários(pedirei desculpa se estiver enganado)será àgua do mesmo mar.
Que a campanha lhe corra bem,tenha saúde e boa disposição pois é quanto basta.
Que continue na senda da fama, mas que não olvide que o seu exército é composto para além do general de muitos ofíciais e soldados e que sem eles não há vitórias.
Que ponha no seu devido lugar alguns infieis caceteiros que não respeitam nem a lei nem a ordem.
Que não venha a receber mais sentenças dos tribunais por ilegalidades várias,até porque as custas são pagas por todos.
Que ganhe as eleições por mérito seu,ou dadas as circunstâcias por desmérito de outros.
Que o novo mandato seja profíquo em transparência e na melhoria do seu sentido democrático.
Que os ofíciais do seu exército,cumpram as regras e a lei para o serem.

 
At sábado, fevereiro 25, 2006 1:01:00 da tarde, Anonymous Anónimo said...

"Como é do conhecimento público, no dia 7 de Junho de 2005 a Universidade do Minho negociou um Protocolo de Cooperação com alguns fabricantes de portáteis para assegurar preços mais vantajosos em alguns equipamentos.
Estranhamente, nas três principais marcas foram escolhidos como parceiros locais do Protocolo as empresas "NorSistemas" e "RaidNet" (desconhecem-se os critérios de selecção), ambas da zona de Real e S. Pedro de Merelim, nos arredores de Braga.
Por pôr em causa as boas práticas que devem nortear as ligações entre parceiros públicos e privados, entendemos por bem divulgar a toda a comunidade académica que concretamente a empresa "RaidNet" se trata de uma sociedade anónima com inicio de actividade apenas a 30 de Junho deste ano e que ainda não se encontra registada na Conservatória do Registo Comercial de Braga. Pelo que foi seleccionada antes de existir no papel.
Assim, pode-se concluir que três semanas antes de existir legalmente, esta empresa, já estava nomeada em sistema de monopólio para um negócio onde os promotores prevêem a venda de milhares de computadores.
De realçar também a "facilidade?!" com que esta empresa se instalou em espaços da AFUM (Assoc. Funcionários da U.M) dentro dos Campus.
Após esta mensagem, ninguém poderá, de um modo sério, invocar o desconhecimento dos factos agora divulgados.
Por falar em verdades, aproveitamos para dar conhecimento à Comunidade que existem receios de muitos membros de que as suas caixas de correio electrónico estejam a ser espiadas. Fica o alerta para quem de direito.

Atendendo à gravidade do exposto e à habitual inoperância da sociedade civil bracarense (onde a corrupção não tem sido atacada) vai seguir uma cópia e documentação de prova para as entidades oficiais.

Se também o indigna o facto de que, por via da ocupação de cargos públicos importantes, se possa utilizar informação priviligiada para o favorecimento pessoal ou de próximos, não fique indiferente e procure dentro da verdade denunciar e lutar contra tais casos ...


Com a consciência do dever cumprido ..."

 

Enviar um comentário

<< Home