18 janeiro 2006

Será este?

Como todos nós sabemos, os globos de ouro são um óptimo prenúncio para aquilo que vai acontecer nos Óscares. Regra geral, aqueles que se safam aqui têm uma boa noite nos prémios “oficiais” da Academia.
Ora, este ano o filme vencedor foi o polémico “Brokeback Mountain” que arrecadou 4 prémios: “Melhor filme”, “Melhor Banda Sonora”, “Melhor Realizador” (Ang Lee) e também “Melhor Drama”.
A grande controvérsia em torno deste filme é que, em traços gerais, relata a angústia de dois cowboys americanos que procuram, com todas as suas forças, reprimir o desejo que têm um do outro. Por outras palavras, são dois cowboys que se apaixonam e não sabem como lidar com a situação.
Este foi um filme que desde a sua génese levantou muita polémica, mas agora Ang Lee está a ver essa polémica a resultar em prémio e reconhecimento pelo seu trabalho, ma também pelos desempenhos sólidos de Heath Ledger e Jake Gyllenhaal.
O filme é a adaptação para o cinema do livro da autora Annie Proulx. Embora a maioria reconheça que o livro é superior ao filme, todos admitem a boa forma do mesmo.
Num ano que foi marcadamente mediano em termos de lançamentos do cinema, será sempre uma edição fraca dos Óscares, mas este filme é, a partir de agora, o principal favorito a sair vencedor no final do mês.

Comentários

6 Comments:

At sexta-feira, janeiro 20, 2006 12:24:00 da manhã, Blogger Assur said...

Drama sobre uma minoria? Já ganhou tudo.

 
At sexta-feira, janeiro 20, 2006 2:23:00 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Se fossem pretos então limpavam tudinho

 
At sexta-feira, janeiro 20, 2006 3:16:00 da manhã, Blogger ZéLuís said...

"Drama sobre uma minoria?" cowboys ou gays?
o facto é k os assuntos de "minorias" parecem ter ks sempre êxito(infelizmente em mts casos + pela polémica)
os "outros" parecem gostar bem "deles"....hummm....sempre a 3º pessoa...é o mistério do santíssima trindade e do espírito santo

 
At sexta-feira, janeiro 20, 2006 1:33:00 da tarde, Blogger ovelha_negra said...

pois é. Puta que pariu o raio das minorias. Por passarem a vida a serem violentados e descriminados pelo resto do mundo, pensam que agora têm de estar sempre a receber prémios sempre que se faz um filme sobre eles.

São uns previligiados, isso é que é!

Curem-se

 
At sexta-feira, janeiro 20, 2006 4:20:00 da tarde, Blogger Filipe Alves said...

O que importa é a qualidade do filme. O resto é acessório e avaliar uma obra de arte tendo como critério gostar ou desgostar do seu tema é sinónimo de ignorância...

 
At sábado, janeiro 21, 2006 1:23:00 da manhã, Blogger Cartman said...

assino por baixo o que diz o Filipe Alves.

Não vou é comentar o filme porque ainda não vi (ainda não de pa sacar)

 

Enviar um comentário

<< Home