04 janeiro 2006

O «Código DaVinci», versão Saraiva

Anda por aí muita gente indignada com a sondagem do «Expresso» desta semana, acerca da orientação sexual dos portugueses. O reconhecido Margens de erro também já deu o seu parecer - desfavorável, claro. É pena. É pena que nenhum tenha reparado na evidente componente «cabalista» da coisa. E é pena que nenhum tenha tido a argúcia de notar que José António Saraiva decidiu, na sua última semana à frente do semanário, revelar aos portugueses os segredos a que teve acesso durante os últimos 22 anos. É verdade, experimentem retirar da capa a pergunta «Casamento entre pessoas do mesmo sexo?». Revelador, não é?

Comentários

4 Comments:

At quarta-feira, janeiro 04, 2006 7:49:00 da tarde, Blogger AA said...

Mauzinho >)

 
At quinta-feira, janeiro 05, 2006 11:13:00 da manhã, Blogger Adryka said...

Fogo, eu ouvia falar que os homens se uniram mas tanto não sabia ;).
Feliz 2006

 
At quinta-feira, janeiro 05, 2006 4:24:00 da tarde, Blogger Cartman said...

those bastards

 
At sexta-feira, janeiro 06, 2006 12:04:00 da manhã, Blogger ZéLuís said...

Cabala? Então o Sócrates teve maioria abslouta à conta de k? O "talvez" do Cavaco ainda vai ser a causa para uma guerra de sexos à segunda volta. Mas com akele corpinho que mete inveja ao Soares e ao Alegre, sem a miopia do Louçã e se revelar + dotes dançarinos k o Jerónimo, basta estar de boquinha fechada ( para falar e comer...comida)que as "minorias sexuais" elegem-no com 75% à segunda volta. O eleitorado lésbico pode ser + difícil, mas com a Kátia Guerreiro a mandatária pode ser que o fado do Cavaco seja os 87,5%.É só fazer as contas...

 

Enviar um comentário

<< Home