14 dezembro 2005

Justiça

«O líder do grupo que matou domingo um agente da PSP em Lagos é português, está indiciado por vários crimes de assalto à mão armada e saiu da prisão há 20 dias, noticia hoje a imprensa.
O Diário de Notícias, que cita fontes policiais, diz que o «cabecilha do gang», luso-espanhol, é conhecido como «Pecas», tem cerca de 30 anos e está indiciado em vários processo de assaltos à mão armada em várias zonas do país.
Após o último assalto que efectuou, à Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Tunes, concelho de Silves, «Pecas» foi preso, mas libertado há cerca de um mês.
O Correio da Manhã avança que a Polícia Judiciária deteve segunda-feira um homem de cerca de 20 anos, alegadamente relacionado com o grupo envolvido no crime.
O jornal acrescenta que este homem estava evadido da cadeia.
Segunda-feira, a GNR localizou em Silves, uma das viaturas envolvidas no crime, que foi antecedido por um assalto frustrado ao Multibanco de um supermercado em Budens, Vila do Bispo.
Os outros dois carros envolvidos nesse assalto foram encontrados horas depois do crime, que vitimou o agente Sérgio Martins, cujo funeral se realiza hoje.
Ainda sobre o acidente de domingo, o Correio da Manhã avança que um dos agentes da PSP que estava na barreira de estrada para travar os assaltantes tentou disparar, mas a arma que tinha encravou.
De acordo com o diário, que cita uma fonte da PSP de Faro, o agente que tentou disparar baixou-se para desencravar a arma e foi nesse momento que um dos assaltantes disparou, atingindo o chefe Sérgio Martins na cabeça.
Por sua vez, o Público noticia que a esquadra de Lagos não possuía lagartas de pregos, utilizadas em barreiras de estrada como recomendam directivas da Direcção Nacional da PSP.»
(Via Portugaldiário).
----------
É sempre consolador constatar a responsabilidade com que estes assuntos são tratados. Com uma polícia brutal, violenta e fascista, os criminosos têm, obviamente, uma necessidade visceral e inelutável de combaterem a ordem vigente - e opressora - pela força, têm de disparar uns tiros para descarregar a adrenalina e dar vazão aos sentimentos reprimidos. A minha simpatia está com o «Pecas».

Comentários

1 Comments:

At quarta-feira, dezembro 14, 2005 7:15:00 da tarde, Blogger Elise said...

Psicopatas deveriam passar o resto da vida na prisão.

 

Enviar um comentário

<< Home