26 setembro 2005

«Alegre é fixe»

Não posso dizer que estava à espera - porque não estava - mas a verdade é que nunca pus completamente de parte a hipótese do Poeta avançar. Depois de uma história da qual o velhinho Soares não sai muito bem, parece que, afinal, sempre vai haver quatro candidatos pela Esquerda - ou cinco, se contarmos com o «eterno» Garcia Pereira.
Pessoalmente, acho que é um cenário único (e muito vantajoso) aquele com que Alegre se depara: sem ser um «peso pesado» da política, consegue obter (pelo menos nas sondagens) um resultado bastante apreciável; não sendo um «moderado», reúne o respeito de sectores muito matizados da sociedade, inclusive à direita (vejam o que se diz aqui, aqui ou até aqui) - algo a que Soares não pode, na presente situação, aspirar; aparecendo apenas agora como candidato, depois de uma «escaramuça» (não me ocorre termo melhor) com o amigo de longa data, traz a aura do «lutador ferido» - algo de que os portugueses tanto gostam.
Por enquanto, não arrisco prognósticos; mas permitam-me a pergunta: se é verdade que esta candidatura é boa para a Esquerda (porque permite evitar a vitória de Cavaco à primeira volta - é o que nos dizem as sondagens), será que ela não se tornará nefasta para aquele que considerou que «com Alegre, a ida de Cavaco para Belém seria um passeio»? Afinal de contas, 5% de diferença não é uma margem impossível de esbater em poucos meses... A segunda volta - a ter lugar - pode, afinal de contas, um protagonista surpresa.
----------
P.S. Já se começa a ouvir dizer que a candidatura de Alegre não traz problemas a Soares, pois vai apenas captar a Extrema-Esquerda - e esse não é o eleitorado do antigo Presidente da República. Engraçado, agora que penso no nome da nova mandatária da candidatura desse senhor... Quer dizer: Soares não acredita em bruxas (como, por exemplo, ser ultrapassado por Alegre) mas que as há... Dá vontade lembrar o velho poema popular:
«Pára raios nas Igrejas
São para lembrar aos ateus
Que um crente, por mais que o seja
Não tem confiança em Deus»

Comentários

0 Comments:

Enviar um comentário

<< Home